Jamelle Aires '

-

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Operação 1000 graus: dois traficantes presos integram PCC

Operação 1000 graus mobilizou mais de 120 policiais em União dos Palmares

A Operação 1000 graus, desencadeada pela Polícia Civil de Alagoas, na manhã desta terça-feira (12), prendeu nove pessoas – inclusive dois menores -, acusados de tráfico de drogas e assaltos, na cidade de União dos Palmares. O trabalho mobilizou três delegados, cerca de 120 policiais civis e 30 viaturas, e deu cumprimento a mandados de prisão, busca e apreensão, expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital.
O grupo criminoso, que atuava principalmente na região de União dos Palmares, vinha sendo investigado há quase um ano e o trabalho de inteligência se intensificou nos últimos 20 dias, resultando em sua completa desarticulação.
O chefe da quadrilha, Luciano Soares da Rocha, 24 anos, conhecido como “Lú do Bloco”, e Isaías da Silva, 28, o “Pêu”, de acordo com a polícia, recentemente teriam entrado para a facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) que teve origem em São Paulo.
Também foram presos: Ulisses Fortunato Pereira da Silva, 27 anos, Eliton Batista da Silva Melo, 22, Laelson Cardoso, 20, Fábio Gerânio Bezerra, 22, e Lucas Damião Correia Lima, 29, o “Pé na Cova”, além dos dois menores – inclusive uma adolescente. As prisões aconteceram na localidade Vaquejada, em União.
As investigações apuraram que “Pé na Cova” é foragido do sistema prisional de Sergipe e estaria envolvido em um crime de homicídio contra integrante do Poder Judiciário de São Paulo. “Pêu” é acusado de assassinar um líder comunitário no bairro do Bom Parto e de dois montadores de móveis, também em Maceió.
Com o grupo, os policiais civis apreenderam sete armas de fogo: duas pistolas, três revólveres e duas espingardas fabricadas artesanalmente, e munições. Foram ainda apreendidos 15 quilos de maconha, dois quilos de crack, um automóvel Astra (MVH-1845/AL) e três motocicletas, placas MUU-2524/Maceió, KLV-6063/Jurena/PE e NMG-5912/Marechal Deodoro.
Os delegados Paulo Cerqueira, Valter Nascimento e Cícero Lima comandaram a operação que teve a participação de agentes da Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic), Tático Integrado de Grupamentos de Resgates Especiais (Tigre), Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (DRN), Operação Asfixia, e das Delegacias Regionais de São Miguel dos Campos e União dos Palmares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário